Início

 

 

6, 13 e 27 de Maio na Faculdade de Ciências em Lisboa

 

A oficina de formação está acreditada com o Nº de Registo:  CCPFC/ACC-88564/16

É destinada a professores do Grupo 510

 

Esta oficina tem a duração de 19 horas conjuntas mais 18 horas de trabalho autónomo o que corresponde a 1,5 unidades de crédito.

É necessário fazer-se acompanhar do seu computador portátil

 

 

DESTINATÁRIOS DA AÇÃO

 

Professores de Física e Química do Ensino Básico e Secundário.

 

 

A componente experimental dos novos programas de Física e Química A, relevam para a necessidade de dotar os docentes de conhecimentos que permitam a aplicação das novas tecnologias, muito relacionadas com projetos individuais ou em grupo, que podem ser realizados nas escolas e que requerem alguns conhecimentos específicos de programação e hardware.

 

O Arduino é uma plataforma de prototipagem eletrónica, criado em 2005, com o objetivo de permitir o desenvolvimento de controle de sistemas interativos, de baixo custo e acessível a todos, nomeadamente às escolas.

Com o Arduino é possível enviar e receber informações de praticamente qualquer outro sistema eletrónico, sendo assim possível construir por exemplo, um sistema de captação de dados de sensores, como temperatura, controlo de iluminação, processar e enviar esses dados para um sistema remoto, ou mostrá-los num ecrã.

Pretende-se dotar os docentes do ensino básico e secundário de ferramentas que lhes permitam a utilização de hardware e software, com base na tecnologia Arduino para poderem adotar estas novas formas de abordar  um ensino da Física mais diversificado e tecnologicamente mais evoluído.

O docente fica com os conhecimentos necessários para poder implementar, a baixo custo, sistemas de monitorização e de aquisição automática de dados na prática laboratorial diária.

 

Oferta de uma placa de  Arduino UNO R3 a todos os formandos

 

 

O prazo de inscrição será  de 7 de março  a 21 de abril

 

O limite máximo são 15 participantes, no entanto todos os professores que estiverem interessados poderão preencher a ficha de inscrição e serão contactados no caso de haver desistências.

 

Todos os contactos serão registados e no caso de existirem futuras edições serão contactados.

 

A Sociedade Portuguesa de Física reserva-se no direito no caso de não ser atingido o número mínimo de 12 participantes cancelar a ação, devolvendo o valor da inscrição.

Esta ação de formação é uma parceria entre o Departamento de Física da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e  a Sociedade Portuguesa de Física.


© INTRODUÇÃO AO ARDUÍNO NAS AULAS DE FÍSICA - Sociedade Portuguesa da Física